6 dicas para ganhar peso com saúde

Como Engordarcapa.png1

Olá saudáveis, tudo bom? O tema do post de hoje retrata a realidade de muitas pessoas, inclusive a minha. Assim como é difícil emagrecer, engordar também é. Percebi que a procura por informações como essa não é tão acessível como as de perder peso. Então pesquisei bastante e selecionei 6 diquinhas para quem quer ganhar peso. Mas atenção! Nada substitui á um acompanhamento médico e nutricional, afinal, o segredo para não conseguir engordar, pode estar relacionada a vários fatores como: genético (familiar), hormonal, falta de apetite, doenças e até mesmo a rotina desgastante do indivíduo, impedindo de consumir alimentos adequados.

 1 Ingerir mais calorias do que se gasta

É meio óbvio, mas muitas pessoas confundem e pensam que só consumir grande quantidade de alimento é que faz engordar, e desistam por não terem apetite ou não conseguirem comer. A arte, está em continuar com as porções normais, porém aumentar a quantidade de caloria do alimento. Exemplo: Se você come um pão no café da manhã, acrescente um queijo. Isso o torna ainda mais calórico sem interferir na quantidade.

2 Não pular refeições

Assim para quem quer emagrecer ou manter, para engordar também é muito importante não pular refeições. A dica é se alimentar de 3 em 3 horas, priorizando sempre as refeições principais (café da manhã, almoço e janta) e as pequenas refeições entre eles (colação, lanche da tarde e ceia).

3 Consumir alimentos saudáveis

É preciso se alimentar com qualidade, porque não adianta comer alimentos industrializados e fest- food para engordar rápido e ganhar de brinde estrias, celulite e aquela barriguinha que ninguém gosta. Quanto mais natural for a alimentação mais o organismo agradece, pois vai garantir os nutrientes necessários para o seu bom funcionamento.

4 Escolher alimentos calóricos

Alguns alimentos são mais calóricos que os outros e que podem estar no cardápio de quem deseja ganhar peso, são eles: Leite e derivados, peixe, carne e ovo, feijão, grão de bico, ervilha, lentilha, legumes, batata, arroz, mandioca, torrada integral, mel, castanha, amendoim, noz, amêndoa, castanha do pará, castanha de caju, azeite de oliva, abacate, laranja, banana, caqui, manga, açaí, aveia entre outros.

5 Faça atividade física

Fazer atividade física é importante para ganhar massa muscular, afinal, quem deseja engordar não quer que seu peso se reflita em gordura, mas sim em músculo. O exercício físico além de te ajudar a ficar com um corpo definido, vai aumentar o seu apetite, o que facilita no ganho de peso.

6 Não desista, Persista

O corpo tem sua velocidade, então não adianta ir com sede ao pódio. Tenha paciência e não desista. Veja os resultados aos poucos e continue com o seu objetivo.

Fonte capa: Google imagens

escrito por jessica

4386f-barrinha3

 

Campanha Outubro Rosa

outubro rosa.pngLL

Olá saudáveis, tudo bom? O post de hoje é sobre um assunto muito importante, e merece atenção. Estamos no mês de outubro, e com ele vem acompanhado da campanha ” Outubro Rosa”, campanha essa, que conscientiza a mulherada a fazer a mamografia e o auto- exame, para detectar alguma alteração anormal na mama.

Vamos entender melhor?

O câncer de mama é uma doença resultante da multiplicação de células anormais da mama, formando um tumor (maligno ou benigno). Representa a principal causa de morte por mulheres brasileiras, e em nível mundial, perde apenas para câncer de pulmão, representando um grande problema de saúde pública.

A detecção do câncer de mama é rara em mulheres com idade inferior aos 35 anos, porém as chances aumentam com o passar dos anos, sendo descoberto principalmente entre 40 e 60 anos de idade. De acordo com o INCA, em 2015 é de se esperar no Brasil, cerca de 57.120 novos casos de câncer de mama.

Os principais  sintomas são nódulos na mama e/ou axilas, dor mamária, alterações na pele que recobre a mama como curvas ou aparência de casca de laranja, secreções incomuns como leite, pus e sangue, mudança no tamanho ou formato da mama e vermelhidão ou coceira na pele e/ ou ao redor do mamilo.

Fonte:http://www.dicascaseiras.org/sinais-do-cancer-de-mama/

Os principais fatores de risco para desenvolver o câncer de mama relaciona- se a idade avançada, histórico familiar, características reprodutivas (a primeira menstruação muito cedo, não ter filhos, não ter amamentado, menopausa tardia, reposição hormonal e uso de alguns contraceptivos orais), hábitos de vida (obesidade, sedentarismo, consumo de bebida alcoólica) e fatores ambientais (exposição a radiação ionizante- Raio X, por exemplo).

Segundo o INCA, 30% dos casos podem ser evitados com a prática de atividade física, alimentação balanceada, manutenção do peso adequado e evitar a ingestão de bebidas alcoólicas. Preconiza também a realização do exame do câncer de mama, a partir dos 40 anos de idade e da mamografia, com intervalo de no máximo 2 anos a partir dos 50 anos.

“Se toque, se conheça”

Fonte:http://www.carioquissimo.com.br/outubrorosa/

Referência:

Silva, P. A. da; Riul, S. da S. Câncer de mama: fatores de risco e detecção precoce. Revista Brasileira de Enfermagem. Minas Gerais. jan. 2012. Disponível em : <http://www.scielo.br/pdf/reben/v64n6/v64n6a05.pdf&gt;. Acesso em: ago. 2015.

INCA. Câncer de mama. Disponível em: <http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/mama&gt;. Acesso em: ago. 2015.

escrito por jessica

4386f-barrinha3

A importância da higienização correta das mãos

lavar_a_mao_e_lei

Olá saudáveis, tudo bom? O post de hoje é sobre a higienização das mãos. Muitas pessoas não sabem lavar as mãos corretamente e nem fazem ideia de quantos micro – organismos abitam nelas.

A higienização das mãos é extremamente importante, pois evita a transmissão de alguns micro – organismos patogênicos, podendo prevenir o surgimento de várias doenças como herpes, resfriados, gripes e conjuntivite.

entendendo

Existem micro- organismos que fazem parte da nossa flora residente, ou seja, que habitam no nosso corpo e que ajudam a manter a saúde, através de funções metabólicas importantes. Por outro lado, micro- organismos denominados transitórios, é transmitido facilmente através de contato entre pessoas, objetos, superfícies e até nos alimentos, podendo trazer uma série de doenças. Por isso é imprescindível a higienização correta das mãos.

lavar as mãos

A higienização das mãos é realizada pela utilização de água e sabão ou pela fricção com  álcool a 70%. Ambos atendem o objetivo de eliminar os patógenos.

Lavagem com água e sabão: Tem como finalidade eliminar a sujeira visível e a flora transitória.

Fricção com álcool a 70%: No caso de eliminação exclusiva de bactérias, as soluções alcoólicas são as mais potentes, porém só faz efeito se as mãos estiverem sem nenhuma sujidade.

quando higienizar

  • “Antes de comer ou manusear alimentos”
  • “Após ter utilizado as instalações sanitárias”
  • “Após assoar o nariz, tossir ou espirrar”
  • “Antes de efetuar qualquer ação que inclua o contato com mucosas corporais (por exemplo, colocar ou retirar lentes de contato)”
  • “Após tocar animais ou seus dejetos”
  • “Após manusear resíduos (por exemplo, lixo doméstico)”
  • “Após usar transportes públicos”
  • “Antes e após tocar doentes ou feridas (cortes, arranhões, queimaduras etc)”
  • “Antes e após uma visita a um doente internado (hospital ou outra instituição)”

Referências

MATTOS, E. A. F. A importância da higienização das mãos. Disponível em: <http://www.hospitalviladaserra.com.br/dicas/a-importancia-da-higienizacao-das-maos/&gt;. Acesso em: ago. 2015.

ANVISA. Higienização das mãos em serviço de saúde. Disponível em: <http://www.anvisa.gov.br/hotsite/higienizacao_maos/higienizacao.htm&gt;. Acesso em: ago. 2015.

TUA SAÚDE. A importância de lavar as mãos. Disponível em:<http://www.tuasaude.com/a-importancia-de-lavar-as-maos/&gt;. Acesso em: ago. 2015.

Imagens: Google imagens

escrito por jessica

4386f-barrinha3

12 curiosidades que você precisa saber sobre o chá verde

Olá saudáveis, tudo bom? O post de hoje é sobre um alimento funcional que traz vários benefícios a saúde, o Chá Verde. Listei 12 curiosidades que você precisa saber sobre esse alimento divino. Venha conferir.

O chá Verde

Cha verde

O chá é produzido a partir das folhas da planta medicinal Camellia sinensis e que dependendo do processo de produção utilizado, suas folhas são a base para a produção de mais três principais tipos de chás: chá de oolong, chá-preto e chá-branco. O chá verde é considerado depois da água, a bebida não alcoólica mais consumida no mundo e passou a ser estudado devido á sua atividade terapêutica e suas propriedades funcionais.

1

Composição química do chá verde

A composição química do chá verde, inclui diversas classes de compostos fenólicos ou flavonoides, como flavonóis (monômeros de catequinas) e ácidos fenólicos, além de cafeína, carboidratos, aminoácidos, vitaminas B, E, C e minerais como o cálcio, magnésio, zinco, potássio e ferro.

2

Benefícios do chá verde 

Pesquisas demonstram, que o chá verde possui propriedades antioxidantes, antiinflamatórias, anti-hipertensivas, antidiabéticas, antimutagênicas, anticarcinogênicas,  antiaterogênicas, além de influenciar no controle do peso e na prevenção do fotoenvelhecimento.

 A Camellia sinensis também pode ser usada topicamente para tratamento de olhos inchados, queimaduras e feridas.

3

 Efeitos no controle de peso

Pesquisas mostram, que o consumo da chá verde, ajuda a regular hormônios, acelerar o metabolismo e promover  a oxidação da gordura.

4

Aumenta a  longevidade

Um estudo conduzido por pesquisadores japoneses, que envolveu mais de 40.000 participantes durante 11 anos, concluiu que aqueles que bebiam mais de 5 xícaras de chá verde por dia, apresentavam menores riscos de morte por doença cardíaca e derrame.

5

 Melhora a memória e função cognitiva

O chá verde pode melhorar a função cognitiva, além de beneficiar o aprendizado e as habilidades de memória.

6

  Reduz o colesterol ruim

O chá verde pode reduzir os níveis de colesterol total, bem como melhorar a proporção de HDL (colesterol bom)  e diminuir a proporção de LDL  (colesterol ruim). Estudos revelam que pessoas que consomem o chá verde diariamente, tem os níveis de colesterol muito mais baixos do que aqueles que não consomem. Porém o chá verde sozinho, não deve ser usado para o controle do colesterol, mas deve ser um aliado a uma alimentação com baixo teor de gorduras saturadas e maiores quantidades de vitaminas e minerais.

7

  Ação hipoglicemiante

O chá verde, aumenta a sensibilidade a insulina. Estudos sugerem que o chá pode diminuir os riscos de diabetes tipo 2.

8

 Reduz as chances de hipertensão arterial

O chá aumenta a formação de oxido nítrico, que dilata as artérias e reduz a pressão arterial. Pessoas que consomem o chá verde regularmente tem 46%  de chances de não desenvolverem uma hipertensão arterial. Esses números aumentam para 65% se consumirem mais de duas xícaras e meia de chá por dia, diz estudo.

9

 Ação estimulante

Com efeito estimulante sobre o sistema nervoso, a cafeína pode causar dor de cabeça, agitação, irritação e aumento do ritmo cardíaco, para pessoas que são sensíveis a cafeína.

10

 Previne o envelhecimento precoce da pele

Por ter um poderoso efeito antioxidante, combatem os radicais livres, responsáveis pelo o envelhecimento precoce das células. Nutrientes como caroteno, vitaminas C e E presentes nas folhas, contribuem para a elasticidade da pele e previnem rugas.

11

 Protege contra o câncer

Pesquisadores observaram em seus estudos a relação inversa entre o consumo de grandes quantidades de chá verde e a diminuição de mortes por câncer. O chá verde participa na prevenção de neoplasias malignas pela ação das catequinas, com possíveis efeitos protetores. Ela impede que a proliferação das células, aconteça de maneira desregular.

“A American Dietetic Association (1999), sugere o consumo de 4-6 xícaras/dia para a redução do risco de câncer esofágico e gástrico”

12

 Melhor hora para tomar o chá

Um cuidado para o consumo é o horário em que o chá verde é ingerido. Ele não pode ser tomado logo após as refeições, pois pode atrapalhar a absorção de ferro e vitamina C pelo o organismo. É recomendado esperar pelo menos uma hora antes de consumir o chá verde. E atenção! Ingerir grandes quantidades acima de 5 a 7 xícaras por dia, pode fazer mal a saúde.

Google imagens

Google imagens

Google imagens

Google imagens

Referências

SENGER;  SCHWSNKE; GOTTLIEB. Chá verde (Camellia sinensis) e suas propriedades funcionais nas doenças crônicas não transmissíveis. Porto Alegre. 2010. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/scientiamedica/article/viewFile/7051/5938&gt;. Acesso em: ago. 2015.

PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERAPIA. Benefícios do chá verde. Disponível em: <http://www.plantasmedicinaisefitoterapia.com/cha-verde.html&gt;. Acesso em: ago. 2015.

escrito por jessica

4386f-barrinha3

Alimentos que combatem a acne

alimentos-que-ajudam-a-combater-a-acne

Olá saudáveis,  tudo bom? O post de hoje é sobre um assunto que vai além da estética. Ter um hábito de vida saudável e consumir alimentos adequados, podem minimizar as chances de surgimento da acne, bem como cravos e espinhas. E podem acreditar… não é nenhuma fórmula mágica.

O QUE É  A ACNE?

A acne é uma doença de pele que acomete grande parte dos adolescentes, porém não restringe apenas a eles, adultos também e principalmente nas mulheres.

As principais modificações que ocorrem na pele e cabelo, estão relacionadas com a atividade hormonal da adolescência. São os hormônios sexuais que começam a ser produzidos na puberdade e que são responsáveis pelas alterações das características da pele, bem como no desencadeamento da acne, cravos, espinhas, nódulos e cicatrizes. As regiões acometidas, normalmente é a face, mas podem aparecer nas costas, ombros e peito.

Entenda como surge a acne.

1-  “Aumento da glândula sebácea e maior produção de sebo na pele”

11

2-  “Obstrução do folículo, fechamento dos poros e acúmulo de impurezas”

2

3- “Alterações da flora microbiana da pele, com colonização da bactéria P. Acnes”

3

4-  “Início do processo inflamatório”

4

O surgimento da acne, não está apenas relacionado com alterações hormonais. A má alimentação contribui para o agravamento desse problema.

Alimentos que possuem alto índice glicêmico, são os mais prejudiciais a aparência da pele. Doces, bolos, tortas e balas ingeridos em excesso, contribuem para a elevação dos níveis de glicose no sangue, além de provocar rugas e flacidez na pele, por serem pobres em fibras e nutrientes.

montagem post

Bom, se possui alimentos que prejudicam ainda mais o quadro clinico, existem aqueles que ajudam a prevenir o aparecimento de cravos e espinhas. São eles:

montagem 2

Peixes: Ricos em ômega 3, contém muitos nutrientes e são benéficos a saúde. Contribui para a redução de doenças cardíacas, níveis de colesterol ruim (LDL) no sangue e triglicerídeos, além de ter ação anti-inflamatória, que ajuda na diminuição da acne.

Frutas e verduras de cor amarela: São ricas em substâncias que ajudam a manter a pele rejuvenescida e limpa. Contém betacaroteno que atua combatendo os processos inflamatórios, vitaminas A e do complexo B, fósforo, cálcio e potássio, atuando como antioxidantes.

Água: A água é fundamental para a hidratação do corpo. A ingestão de dois litros de água por dia, ajuda a eliminar toxinas e impurezas do organismo. Serve também para deixar a pele mais viçosa e rejuvenescida, contribuindo para a formação e renovação do colágeno da pele.

Uma alimentação saudável é benéfica para o organismo, pois combate os radicais livres que aceleram o processo de envelhecimento cutâneo, ajuda na restauração da pele exposta a fatores ambientais e contribui para a produção e renovação do colágeno.

E aí, vai deixar que seus cravos e espinhas te dominem? Mas lembrem-se, a alimentação adequada, ajuda a prevenir e não curar. Consulte seu dermatologista.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NUTRIÇÃO. Muitos alimentos podem ajudar no tratamento para combater a acne. jan. 2014. Disponível em: <http://www.asbran.org.br/noticias.php?dsid=1096&gt;. Acesso em: ago. 2015.

ADCOS. Acnes. sd. Disponível em: <http://www.adcos.com.br/conteudo/acne&gt;. Acesso em: ago. 2015.

PORTAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Acne. sd. Disponível em: <http://www.sbd.org.br/doencas/acne-2/&gt;. Acesso em: ago. 2015.

Imagens: Google imagens

escrito por jessica

4386f-barrinha3

Pipoca, um estouro de benefícios para a saúde

pipoca-1263x560.pngll

Olá saudáveis,  tudo bom ?

O post de hoje é sobre um alimento que eu amo em particular  The POPCORN”- PIPOCA. A fiel companheira  das sessões de cinema ou um filminho em casa, das festinhas infantis e junina; afinal, vai bem á qualquer momento, só de sentir o cheiro já dá aguá na boca não é mesmo? Além de saborosa, traz grandes benefícios a saúde se for preparada adequadamente.

O milho é um cereal integral natural, que contém carboidratos (amido resistente), lipídeos e proteínas (embora esteja em quantidades inferiores aos outros nutrientes). Os cereais estão associados ao auxilio no controle do peso corporal, na redução de possíveis doenças crônicas, como o diabetes e doenças cardiovasculares.

A pipoca contém altas doses de polifenóis e antioxidantes, que protegem as células do organismo contra os danos causados pelos radicais livres, desacelera o processo de envelhecimento e previne o surgimento de câncer.

Estudo realizado na Universidade de Scranton, nos Estados Unidos, descobriu que a pipoca reúne maiores quantidades de certos antioxidantes do que algumas frutas e verduras. Segundo a pesquisa, os polifenóis estão mais concentrados na pipoca, porque ela possui apenas 4% de água.

A fibras contidas na pipoca, pode auxiliar na regulação do transito intestinal, na consistência e formação do bolo fecal, no controle de índices de colesterol, triglicerídeos, da glicemia e também no aumento da saciedade. Mas atenção! o efeito digestivo só acontece se consumir juntamente com água ou suco, de preferência sem açúcar.

Uma porção de pipoca, pode oferecer mais de 70% do consumo diário de grãos integrais. E o consumo de 100 gramas de pipoca por dia, pode suprir também 13% do ideal de ingestão diária de polifenóis.

Além das fibras, o milho de pipoca contém vitaminas, como E, B1, B2 e os carotenoides (considerados antioxidantes) e minerais como cálcio, sódio, iodo, ferro, zinco, manganês, cobre, selênio, crômio, cobalto, cádmio e fósforo.

    brancopi

Os benefícios encontrados na pipoca, está no modo de preparação. Pipocas feitas com margarina ou manteiga não são indicadas, pois saturam mais rápido do que o óleo. Quanto mais saturada, pior para a saúde, pois provoca o aumento do colesterol ruim (LDL) e a redução do colesterol bom (HDL), além de aumentar as calorias.  A preparação com manteigas, margarinas, temperos prontos, bacons e queijos gordurosos, são no mínimo 35% mais calóricas, do que a preparação feita com pouco óleo. Deve salientar também, que grandes quantidades de sal e temperos prontos, podem aumentar o risco de hipertensão arterial, retenção líquida e sobrecarga renal.

As pipocas de micro – ondas também não escapam, devido ao excesso de sódio, conservantes e por serem extremamente calóricas. Por isso, o modo de preparo é fundamental para o acesso aos benefícios da pipoca.

Quer saber como preparar a pipoca de maneira adequada e saudável?  Clique AQUI

Untitled.pngEDITADO

Referências

HERMANN, Heloisa de Camargo. Os benefícios da pipoca. Centro de Diabetes de Curitiba. ago. 2013. Disponível em: <http://www.centrodediabetescuritiba.com.br/artigos/os-beneficios-da-pipoca/&gt;. Acesso em: ago. 2015.

ZANIN, Tatiane. Pipoca engorda?. Tua saúde. Disponível em: <http://www.tuasaude.com/pipoca-engorda/&gt; Acesso em: ago. 2015.

Imagens: Google imagens

escrito por jessica

 

4386f-barrinha3

Alimentos funcionais e seus benefícios para a saúde

Olá leitores, muitos de vocês já devem ter ouvido falar sobre os famosos “alimentos funcionais”, muitas vezes nós os ingerimos e não percebemos, iremos falar um pouco sobre eles, o que são e para que servem… 

Os alimentos funcionais são aqueles que proporcionam benefícios à saúde, além dos nutrientes tradicionais, fazem parte de uma alimentação normal, contendo naturalmente substancias funcionais e com efeito cientificamente comprovado. Um alimento pode ser considerado funcional se for comprovado que ele pode afetar beneficamente uma ou mais funções do corpo (ANJO, 2014).

Os estudos envolvendo alimentos funcionais tiveram início em 1980 no Japão, através de um programa de governo, que tinha como objetivo promover a saúde para a população que envelhecia, através do desenvolvimento de alimentos saudáveis.

Os alimentos funcionais podem ser classificados quanto aos benefícios que eles oferecem e quanto à fonte, de origem (vegetal ou animal), atuando em seis áreas do organismo:

  •  Crescimento;
  • Desenvolvimento;
  • Diferenciação celular;
  • Sistema cardiovascular;
  • Sistema gastrointestinal;
  •  Metabolismo de substratos;
  • Comportamento das funções fisiológicas e como antioxidantes (SOUZA, 2003).

Os alimentos funcionais apresentam as seguintes características:

1) Devem ser convencionais e consumidos na dieta normal/ usual;

2) São compostos por componentes naturais, ocasionalmente, em elevada concentração ou presentes em alimentos que normalmente não os supririam;

3) Devem proporcionar efeitos positivos além do valor básico nutritivo, que pode aumentar a qualidade de vida proporcionando saúde e/ou reduzir o risco de ocorrência de doenças, promovendo benefícios, aumentando o desempenhos físico e psicológico;

4) Deve ter embasamento científico, na alegação da propriedade funcional;

5) Pode ser um alimento natural ou um alimento no qual um componente tenha sido separado;

Alguns exemplos de propriedades funcionais aprovadas:

  • Ômega 3

“Auxilia na manutenção de níveis de triglicerídeos.”

omega

  • Licopeno

” Possui ação antioxidante protegendo as células contra os radicais livres.”

licopeno

  • Fibras Alimentares 

” As fibras alimentares auxiliam o funcionamento do intestino e redução do colesterol, seu consumo deve estar associado a uma alimentação equilibrada. “

fibras

Fonte imagens: Google imagens

escrito por rubiana

4386f-barrinha3

Vinho e seus benefícios a saúde

Olá saudáveis, tudo bom ?

Bem vindos ao primeiro post (palmas) !! Hoje irei abordar um tema que está sendo bastante falado nos últimos tempos pela mídia ” Vinho faz bem para a saúde”.

            

  Um pouco da história

O vinho, é uma das bebidas mais antigas, estando sempre relacionados com a história do homem. É uma bebida com sabor marcante e com personalidade própria, podendo trazer ações benéficas a saúde quando consumidos moderadamente. Estudos realizados a partir dos hábitos alimentares dos franceses, indicaram menor incidência de doenças coronarianas, apesar de apresentarem altos índices de sedentarismo, tabagismo, alto consumo de gordura saturada e maiores níveis de colesterol, quando comparados a outros países. Os baixos índices de doenças cardiovasculares, deu-se  pelo consumo moderado e regular de vinho tinto, no qual continham propriedades funcionais (compostos bioativos que trazem benefícios fisiológicos para a saúde humana).

A pesar de haver relatos que o consumo de vinho se deu  aproximadamente a 7.000 anos atrás, apenas em 1992 foi despertado o interesse pelos seus benefícios, quando foi publicado o “Paradoxo Francês”.

Principais benefícios do vinho

O vinho é uma bebida derivada da fermentação  alcoólica da uva madura e fresca. Bioquimicamente é proveniente da fermentação dos açucares do suco da uva pelas leveduras ou por bactérias lácticas. As principais substâncias que contém no vinho são:  “açúcares, alcoóis, ácidos orgânicos, sais de ácidos minerais e orgânicos, compostos fenólicos, pigmentos, substâncias nitrogenadas, pectinas, gomas e mucilagens, compostos voláteis e aromáticos (ésteres, aldeídos e cetonas), vitaminas, sais e anidrido sulfuroso (SOUZA et al., 2006; ALI et al., 2010)”.

Os compostos fenólicos demonstram grande importância no vinhos, pois são responsáveis pela cor e sabor, além de proteger a uva contra micro- organismos.

O resveratrol é encontrado a partir da casca da uva, sendo um composto fenólico que mais se destaca no vinho. Ele é capaz de ativar vários mecanismos cardioprotetores e quimioprotetores no organismo, favorecendo a produção pelo fígado de HDL (colesterol bom) e a diminuição do LDL (colesterol ruim). Possui atividade analgésica, neuroprotetora, cardioprotetora, além de combater o envelhecimento.

Os flavonoídes tem ação anti-inflamatória, antialérgica e anticancerígena.

Estudos revelam que o álcool, quando consumido de maneira moderada, traz benefícios como, a diminuição do fibrinogênio plasmático e atividade antitrombótica.

As proantocianidinas são potentes antioxidantes que agem na proteção contra “isquemia, reperfusão do miocárdio ventricular, fibrilação ventricular, taquicardia e apoptose do cardiomiócito (DAS; SANTANI; DHALLA, 2007)”.

Portanto concluiu-se que o vinho, quando consumido moderadamente  e de maneira regular, pode sim trazer muitos benefícios a saúde.

Ps: A dose terapêutica é mais ou menos 30 ml de álcool por dia, para homens (equivalente a duas taças) e metade para mulheres.

REFERÊNCIA

MORAES, Vanderleia de; LOCATELLI, Claudriana.Vinho: uma revisão sobre a composição química e benefícios à saúde. Joaçaba v,10 n. 1-2, p.57-68, jan./dez. 2010.

Google imagens

escrito por jessica